S.O.S 2018!

Dani Christoffer

Pronto, o ano começou e precisamos tomar coragem para mudar! E sabendo das necessidades nessa época decidi escrever sobre dietas de emergência, suplementação e dicas para emagrecer! 

Depois do pé na jaca do fim de ano, a gente só pensa em vida nova, dieta nova, corpo novo, alimentação nova. Então, consultei a Endocrinologista Dra. Saliha para saber o que devemos fazer.

A Dra. sugere as dietas Low Carb e de Jejum Intermitente. Podem ser combinadas ou não, vai depender do paciente. Tem ainda a dieta Cetogênica, que também é muito indicada nesses casos.

E peguntei sobre a Dieta Ortomolecular (veja o post completo sobre essa dieta).

“Dependendo dos resultados que você espera, a Ortomolecular é bastante indicada, pois olhamos tudo, inclusive como são as fezes do paciente e se elas afundam ou flutuam (rsrsrsrs). A anamnese é muito extensa. Normalmente, quando o paciente segue tudo prescrito, em 1 mês ele já estará vendo diversos resultados em suas queixas principais, inclusive o estabelecimento do peso ideal”. Explica Dra. Saliha.

Dani Christoffer

Para secar é preciso usar suplementos ou não?

Suplementos devem ser usados quando existe indicação. O que acontece é que normalmente são vendidos diversos termogênicos com muitas substâncias cardioestimulantes que prometem secar, no entanto, muitas pessoas leigas compram e vão para o hospital com dor no peito e falta de ar.

Um perigo pois, alguns até infartam usando essas substâncias, e outros não sentem nada. É sempre recomendado cuidado ao utilizar essas substâncias.

Para a endocrinologista, o ideal é o procurar um médico antes de utilizar esses produtos, até porque se houver algum problema, quem tem a capacidade de prescrever medicamentos ou de internar esse paciente é o médico, certo?

E uma coisa eu posso garantir por experiência própria. Suplemento sozinho não dá resultado.

Atenção! O principal é seguir um planejamento alimentar calculado por um bom nutricionista (e uma dieta que você consiga seguir e manter na sua rotina) e, claro, praticar atividades físicas.

O suplemento vem como um plus, um bônus.

E uma dica legal é usar algumas ervas e raízes que podem ajudar nesse processo, como: o gengibre, o chá de cavalinha, hibisco, chá verde e a canela em pó. Se você não tem como ir ao médico agora mas já quer começar a fazer algo por você, inclua esses alimentos na sua rotina.

E os remédios para inibir o apetite e  emagrecer são uma boa?

Daniela Christoffer

“O remédio servirá como uma muleta nesse momento, ajudando a diminuir a sua fome ou controlando a sua compulsão (ou outros…). Para isso, você precisará de psicólogo e nutricionista.” O remédio não será para sempre. Muitas pessoas tomam sem orientação médica e é aí que mora o problema. Remédio precisa ser prescrito por médico exatamente por causa dos riscos que envolvem o seu uso (porque todos os medicamentos tem riscos e contra indicações)”. Esclarece a Dra. Saliha.

É importante aumentar a ingestão de água e águas funcionais aromatizadas ( aquelas com canela em pau e gengibre), consumo de chás com propriedades diuréticas (se a pessoa tiver problemas como retenção), e dieta LowCarb o mais limpa possível.

E diminuir o máximo o consumo de alimentos industrializados, que devem ser substituídos por alimentos in natura. Atenção! Incluindo produtos lácteos mesmo sem lactose. Claro que existem ainda outras estratégias, mas só é possível recomendá-las após anamnese médica.

Então, procurem um médico, um Nutriciocista, Endocrinologista e faça o programa ideal para você.

Vamos juntos, 2018 está apenas começando, ainda há tempo de mudar! Só depende de você!

CompartilharShare on Facebook8Tweet about this on Twitter0Share on Google+0